FAQ

O que é uma micronação?

Uma micronação é uma entidade que se autodetermina como nação ou estado independente, mas não é oficialmente reconhecida pelos governos mundiais ou pelas principais organizações internacionais. Para mais informações sobre micronações, vá para a página “micronacionalismo”.

Então Albarena é uma nação de fantasia?

Não! Muitos países ou nações imaginárias existem apenas na internet ou em mapas fictícios. Esses países são ativos apenas em comunidades online e suas reivindicações estão localizadas em mapas virtuais ou mundos imaginários. A definição correta para esses países imaginários é geoficção. Há também países que assumem nomes de países reais, além de territórios, símbolos e até nomes de famílias reinantes ou ex-reinantes sem de fato ter qualquer ligação efetiva com estes países. Esses países ficcionais são de um movimento chamado estado-modelismo. Existem muitas semelhanças entre geoficção, estado-modelismo e micronacionalismo. Albarena, no entanto, é da vida real e organiza eventos culturais regularmente e todos os objetivos e realizações em Albarena são realistas e executáveis.

Albarena é uma micronação, mas também uma organização ambiental sem fins lucrativos?

Sim! Somos, para além de uma micronação, um movimento de conscientização ambiental. O conceito de micronacionalismo e nossa autodeclarada soberania é simplesmente um conceito criativo que usamos para aumentar a conscientização sobre as mudanças climáticas.

A maioria das micronações está localizada na propriedade pessoal do fundador, mas Albarena fica em uma ilhota na costa do Brasil. Qual o motivo disso?

Procuramos uma porção de terra desabitada sem qualquer importância cívica, militar ou econômica, apenas um território que representasse nossa preocupação com nossa causa. Somos um grupo de pessoas preocupadas com o aquecimento global e uma ilha com menos de um metro de altitude é o símbolo perfeito para isso.

Quais são os planos para o território de Albarena?

Albarena é um país que não quer gente em seu território! Dado seu diminuto território acreditamos firmemente que ele deve permanecer uma reserva natural disponível apenas para turismo e pesquisas científicas. As reivindicações territoriais de Albarena são uma declaração à comunidade internacional para aumentar a conscientização sobre as mudanças climáticas.

Então, não há planos de colonizar Albarena?

Não! Sem humanos, apenas natureza.

Que ações são tomadas para chamar mais atenção para o aquecimento global?

Não somos uma ONG como o Greenpeace ou o WWF com fundos suficientes para lançar campanhas. Albarena é uma micronação, uma pequena organização sem fins lucrativos e continuamos realistas, mas pequenas ações em conjunto podem fazer a diferença nas mudanças climáticas. Enviamos cartas de protesto a governos ou empresas que violam os acordos ambientais na Antártica e outros acordos ambientais (caça às baleias, desmatamento, mineração, garimpo, poluição, etc.) ou cartas de apoio a pessoas e organizações com engajamento semelhante ao nosso. Em Albarena promovemos a importância de alternativas ecológicas amigas da energia, reciclagem, redução de CO2, etc. e assinamos várias cartas ecológicas com outras micronações que compartilham nossos valores.

As suas reivindicações territoriais são legais?

Do nosso ponto de vista, sim. Valemo-nos do princípio da autodeterminação dos povos garantidos na Carta da ONU, além do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos (PIDCP) como no Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (PIDESC), onde se afirma que "Todos os povos têm o direito de autodeterminação. Em virtude desse direito, determinam livremente sua condição política e perseguem livremente seu desenvolvimento econômico, social e cultural".

Quais países estabeleceram relações diplomáticas com Albarena?

Ainda não estabelecemos relações bilaterais formais com nenhum outro estado, isso é uma questão não-prioritária. Nossa mensagem é mais importante do que nossa soberania autodeclarada. Mas Albarena é mundialmente ativo na comunidade micronacional e, desde sua fundação, vem assinando tratados de amizade e reconhecimento mútuo com outras micronações.

O que quer dizer o nome Albarena?

O nome tem origem nos termos em latim alba, que quer dizer "branco", e arena que quer dizer "areia", sendo desta forma literalmente "areia branca", uma lusão à geografia da nação.

Qual é o simbolismo dos símbolos nacionais de Albarena?

Para mais informações sobre micronações, vá para a página “Símbolos Nacionais”.

Posso ter um título honorário se me juntar à sua micronação?

Se essa é sua intenção de ingressar em Albarena, a resposta é: não! Colecionadores de títulos não são bem-vindos em nossa micronação. Concedemos títulos aos cidadãos como um sinal de apreço e respeito por seus esforços e contribuições para a nação ou o meio ambiente.

Seus títulos são reais?

Nossos títulos têm apenas um valor na comunidade de micronações, mas é parte de nossa tradição cultural, mas em Albarena não há lugar para o ego. Nossos cidadãos não usam seu título fora do micronacionalismo.

Qual é a língua nacional de Albarena?

Não há língua oficial, mas o português é a língua mais falada.

Qual é a população de Albarena?

Em novembro de 2021, Albarena tinha 5 cidadãos, todos vivendo no exílio.

Como posso me tornar um albareni?

Aqueles que desejam se inscrever para a cidadania albareni podem preencher e enviar nosso formulário de inscrição online. A participação é incentivada, mas não exigida. Temos empregos disponíveis, mas ninguém é obrigado a aceitar.

Quanto custa para aderir?

Para tornar-se cidadão de Albarena não há cobrança e não é necessário pagar impostos.

Posso obter um passaporte oficial de Albarena?

Sim! Estamos preparando um passaporte que servirá como lembraça, um suvenir, de Albarena. Entretanto tomaremos cuidado para que este passaporte não seja objeto de enganação ou crime contra refugiados e leigos. Há muitos exemplos de micronações que tiveram seus passaporte usados para enganar pessoas dessa forma, prometendo visto para países que não existem, então a emissão de passaporte albareni exigirá muito estudo e cautela, afinal alimentar esperanças de quem está desesperado é um ato de muita crueldade.

Onde posso encontrar outros albarenis?

Se estiver registado como cidadão, está convidado a ingressar no grupo do Telegram e no nosso Fórum.